Uma nova era para a tecnologia

Compartilhe:

Nos últimos anos, uma série de mudanças criou uma disrupção sem precedentes nos negócios e nas empresas, levando a indústria de tecnologia a evoluir e se transformar dramaticamente.

As mudanças mais significativas foram as seguintes:

– Mais expectativas das empresas sobre o que a tecnologia pode fazer por seus negócios;
– O CIO agora é visto como um consultor de tecnologia;
– Segmentos de negócios, como marketing e vendas, estão agora diretamente em contato com os fornecedores de tecnologia.

Leia mais: O mundo é imprevisível, mas a infraestrutura tecnológica não

 

Lucrando com a disrupção

Mas o que está gerando esta disrupção e como uma empresa pode maximizar o potencial da tecnologia?

Em primeiro lugar, tanto dados estruturados (como bancos de dados) e não estruturados (como comentários do Twitter) crescem a uma velocidade incrível. A capacidade do hardware e software para gerir, interpretar e usar todos os dados hoje é infinitamente maior do que há apenas alguns anos. Além disso, com as capacidades cognitivas de equipes como o IBM Watson, as empresas podem tirar proveito desta capacidade para beneficiar seus negócios. Os dados deram origem à era cognitiva, em que as soluções, servidores e o armazenamento não são mais inanimados, mas sim capazes de analisar, compreender, pensar, aprender e gerar insights para todos os tipos de dados.

Em segundo lugar, a Internet das Coisas (IoT) representa uma evolução em que objetos são agora capazes de interagir com outros objetos e permitem o acesso pró-ativo aos dados a partir de dispositivos conectados. Isso permite que empresas se aproximem de seus clientes, descubram do que eles gostam e criem ofertas personalizadas.

Em terceiro lugar, temos a nuvem, criada para oferecer uma maior flexibilidade e velocidade. As empresas devem definir quando usar nuvens públicas, nuvens privadas ou uma combinação de ambas. Essa combinação é chamada de nuvem híbrida e hoje é a melhor solução para praticamente qualquer empresa. O futuro dos negócios exige nuvens híbridas abertas e oferece a liberdade de escolher, mudar ambientes e entregar uma experiência robusta e segura ao extender a TI existente para a nuvem. Como uma empresa se beneficia ao contratar um provedor de nuvem pública para uma determinada ‘carga de trabalho’ se eles não podem mover os dados facilmente da nuvem para seus próprios sistemas? A nuvem híbrida deve se tornar a base para a computação, e vai ajudar a redefinir a finalidade e utilização do data center tradicional.

Como se preparar para a era cognitiva

Para lidar com as rápidas mudanças e a transformação digital da nova era cognitiva, os sistemas têm de ser projetados especificamente para nuvem híbrida e Big Data, além de serem abertos e colaborativos. Ninguém sabe qual será a próxima ferramenta do futuro, e é por isso que é crucial que as empresas se preparem e invistam em tecnologias abertas. Só assim elas poderão conferir significado aos seus investimentos.

E aí, você está preparado?

Créditos autorais:  Vice Presidente – Systems Hardware IBM Latin America
Fonte: IBM Systems Brasil Blog


Quer saber mais sobre as tecnologias citadas no artigo? Então, não deixe de baixar gratuitamente nosso e-book “Glossário de TI” e fique por dentro!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.