Relatório gerencial financeiro: você analisa mesmo todos?

relatorio gerencial financeiro blog mxm 01
Compartilhe:

*Conteúdo Atualizado

Será que você dá a devida atenção à figura do relatório gerencial financeiro no momento de tomar decisões estratégicas importantes para o futuro da sua empresa? Essas é uma questão essencial para quem busca traçar ações efetivas com base em dados reais. 

Sabemos que é muito importante que gestores e empreendedores tenham a capacidade de reinventar a instituição, adaptando-se às exigências flutuantes do mercado. Esse jogo de cintura é fundamental, especialmente para evitar as complicações financeiras e manter as contas no azul. 

Diante da importância do tema, vamos apresentar, ao longo de todo este artigo, alguns dos mais importantes relatórios gerenciais que você não pode deixar de analisar no dia a dia do seu negócio. Além disso, mostraremos os motivos para você automatizar esse processo e como fazer isso. Confira na sequência! 

O que é um relatório gerencial financeiro? 

Relatório gerencial é um documento que mostra, de uma forma organizada, informações importantes e atualizadas sobre o funcionamento da companhia dentro de determinado período de tempo — geralmente anual. 

O objetivo, claro, é munir o gestor com a maior quantidade possível de informações consistentes para promover um salto de qualidade nas decisões estratégicas tomadas na rotina da organização. Isso só é possível porque os relatórios gerenciais guardam todo o histórico empresarial. 

Com a tecnologia de que dispomos atualmente, esses documentos são geralmente emitidos de forma automática pelo sistema de gestão ou elaborados pelo contador. Além disso, são analisados pelos tomadores de decisão, de modo a entender o que o cliente quer e o que precisamos fazer para entregar o que ele deseja. 

Quais são os tipos de relatório gerenciais? 

Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) 

O DRE é um documento elaborado pelo contador. Seu principal objetivo é evidenciar a saúde financeira do estabelecimento. Isso é feito por meio da exposição do detalhamento do resultado líquido em determinado exercício. 

Esse é um descritivo contábil bastante usado para comprovar se o empreendimento está dando lucro ou prejuízo, o que pode ser importante para atrair novos sócios, investidores ou, até mesmo, para conseguir crédito no banco. 

Fluxo de caixa 

relatório de fluxo de caixa tira informações dos lançamentos financeiros da empresa e ajuda o gestor a acompanhar em tempo real a situação financeira do negócio, comparando as previsões para o mês e os valores realmente alcançados. Assim, garante a capacidade de investir a partir de uma conta com valor positivo. 

Vendas 

O relatório de vendas pode apresentar informações relativas às vendas em geral, associadas a todo tipo de critérios secundários. O objetivo é saber e analisar o crescimento ou as quedas devido a inúmeros fatores. 

Podemos saber, em média, quanto cada cliente gasta em uma única compra, descobrir o percentual de clientes homens ou mulheres, o tempo da jornada do comprador, o número de vendas, entre muitas outras informações úteis para o desenvolvimento de novos produtos ou para a elaboração de uma campanha publicitária, por exemplo. 

Satisfação do cliente 

satisfação do cliente pode ser medida a partir de dados concretos registrados no sistema da empresa, como a quantidade de produtos adquiridos, o quanto o cliente já gastou, o seu ticket médio e a quantidade de compras que realizou. 

Outra forma é disponibilizar um caderno de sugestões, reclamações e elogios, tanto no ambiente físico como no virtual. Além disso, você pode pedir para os clientes avaliarem o seu serviço ou produto toda vez que comprarem. 

Para que o questionário não venha a se tornar algo inconveniente, muitos gestores optam por condensar o feedback do público em apenas uma pergunta: “qual é a probabilidade de você indicar nossos produtos e serviços para um amigo ou colega?”. 

Satisfação dos funcionários 

Todo empreendedor logo percebe que o funcionário é uma espécie de segundo cliente. Isto é: também faz parte do trabalho do gestor prezar pelo bem-estar do seu time. Afinal de contas, uma equipe motivada e entrosada é muito mais produtiva. 

Você pode preparar um questionário a ser preenchido de forma anônima (ou não) por todos os funcionários da empresa, listando perguntas relacionadas ao supervisor, às funções exercidas, à remuneração, às condições de trabalho e aos colegas da empresa. 

Balanço patrimonial 

Apesar de ser obrigatório, o balanço patrimonial é, muitas vezes, negligenciado pelas organizações. A sua função é desenvolver um relatório contábil com base nos registros de movimentações financeiras em um determinado período.  

A partir disso são identificados os investimentos e as suas fontes de recursos. Além disso, informa a respeito dos bens, direitos e obrigações do negócio por meio de um bloco que organiza e classifica tudo as informações. Com essa observação da evolução, é possível fazer o Planejamento Tributário

Orçamento empresarial 

Esse documento auxilia na determinação de ações financeiras ao mostrar os dados referentes às despesas e receitas da companhia em um período previamente definido. Com isso, há possibilidade de elaborar um planejamento efetivo, pois é possível saber sobre investimentos, sazonalidade dos produtos, estimativa de vendas e endividamentos. 

Isso significa que o orçamento empresarial permite realizar uma análise sólida da situação em que o empreendimento se encontra, dos seus objetivos e das perspectivas do mercado. Por isso, prepara um cenário onde é possível enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades, ajudando na realocação de recursos e no corte de gastos desnecessários. 

Por que e como automatizar esse controle? 

A automação está cada vez mais presente nos ambientes organizacionais. Isso porque contribui com agilidade e para o aumento da produtividade, justamente por facilitar os processos burocráticos. Quando se trata de relatórios gerenciais, um sistema automatizado contribui com a coleta e análise dos dados, uma vez que tudo é feito em tempo real. Além disso, fica muito mais fácil filtrar as informações e compará-las, de acordo com as necessidades corporativas. 

Para começar a automatização no dia a dia organizacional, existem muitas tecnologias capazes de criar esses documentos e ajudar na tomada de decisões, como o Business Intelligence (BI) e o Enterprise Resource Planning (ERP). Confira a seguir os detalhes de cada um. 

ERP 

Esse sistema de gestão integra todos os setores da empresa, permitindo que os dados se relacionem entre si. Assim, é possível ter controle da parte financeira, contábil, logística e de muitas outras em uma única plataforma, que fornece relatórios sobre a performance dos processos. 

BI 

A Inteligência de Negócios — como o BI é conhecido — depende de um software, como o ERP, para mostrar o seu valor. Essa ferramenta é capaz de entregar as informações relevantes para as pessoas certas e no melhor momento. Isso significa uma contribuição para o planejamento de ações e monitoramento dos resultados, apontando o que deve ser redirecionado e onde continuar investindo. 

Deu para perceber a importância do relatório gerencial financeiro para o crescimento do negócio? O sucesso não depende apenas de um bom produto ou serviço e de um preço competitivo. O planejamento financeiro e o acompanhamento dos resultados também são fatores importantes, especialmente em longo prazo. Ao automatizá-los, você obtém ajuda na criação desses documentos de forma eficaz. 

Agora que você conhece as vantagens de fazer relatório gerenciais e está pronto para desenvolvê-los, não deixe de baixar nosso guia para gestão financeira empresarial de sucesso!


Neste e-book gratuito você entenderá que ganhar mais e gastar menos não é o único segredo para o sucesso empresarial. Descubra os principais passos e as melhores dicas para uma gestão financeira empresarial de sucesso. Baixe gratuitamente:

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.