Reagir ao coronavírus: como o seu negócio pode resistir à crise?

coronavirus crise
Compartilhe:

A pandemia causada pelo coronavírus traz consigo, além de uma grave situação sanitária, que já deixou milhares de mortes pelo mundo, uma crise econômica significativa, que pegou de surpresa muitos empresários. Nesse cenário, entender como reagir ao coronavírus e fazer o negócio resistir a essa condição é o grande desafio da atualidade.

É possível para as empresas reverter esse quadro. Mas é preciso implantar algumas ações de gestão com foco no momento atual.

Ao longo desta leitura, trazemos para você algumas medidas que podem ser implementadas na sua empresa para reagir ao coronavírus. Acompanhe!

Invista em um comitê de gestão de crise

Monte um comitê de cinco a sete pessoas para deliberar sobre as ações que deverão ser tomadas para minimizar os riscos econômicos. Ele deve ser formado por pelo menos um membro da direção da empresa, uma pessoa do setor de RH, uma do financeiro, uma do setor comercial e outras lideranças estratégicas.

O objetivo é criar soluções para que a operação continue funcionando, mesmo que de forma reduzida. Para isso, soluções devem ser pensadas, sempre levando em consideração a segurança necessária para preservar a saúde de colaboradores e clientes.

Faça uma boa gestão de pessoas

Uma eficiente gestão de pessoas deve começar identificando o que pode ser feito para preservar a saúde dos funcionários. Caso a atividade exercida comporte o home office, essa pode ser uma boa solução para que os colaboradores continuem a realizar suas entregas, sem que para isso tenham de se deslocar até a empresa.

Orientações sobre a crise, como se prevenir da contaminação pelo coronavírus e outras informações relevantes também devem ser colocadas à disposição da equipe.

Otimize a gestão de dados e aposte em ferramentas tecnológicas

Nesse momento de distanciamento social, contar com um bom software de gestão é fundamental para garantir a eficiência da operação. Ele permite o gerenciamento de banco de dados de forma eficaz, com o correto controle de operações, como financeiro, compras, vendas, entre outros setores.

Ao contar com as ferramentas tecnológicas certas para o seu negócio, você consegue fazer essa gestão de onde quer que esteja. Basta ter acesso à internet e a um sistema ERP eficiente.

Revise contratos com fornecedores

O momento econômico requer cautela. Por isso, é hora de olhar para dentro da organização e rever gastos, incluindo contratos e outros custos que possam ser cortados.

Essa medida é fundamental para que os processos continuem funcionando de forma otimizada, ou seja, extraindo o máximo possível dos recursos que a empresa já tem para evitar desperdícios.

Projete receitas e despesas para os próximos meses

Além de rever os contratos, fazer sua empresa sobreviver ao coronavírus requer um rigoroso controle financeiro. Isso é fundamental para projetar receitas e despesas para os próximos meses, já que o distanciamento social deve prosseguir por mais algum tempo.

Além disso, mesmo depois de liberada a quarentena, muitas pessoas ainda estarão receosas quanto à aquisição de novos compromissos. Portanto, faça os cálculos, analise os cenários diariamente, e lembre-se de se planejar para possíveis imprevistos no meio do caminho.

Como vimos ao longo deste artigo, reagir ao coronavírus é possível e também fundamental para que a sua empresa consiga passar por esse momento de crise de maneira consciente e preparada para a retomada da economia.

Se você gostou deste post, confira também estas dicas de produtividade no home office.


Interessado em gestão empresarial? Confira o kit que preparamos para você. Baixe o nosso kit de e-books gratuitos sobre gestão empresarial.

kit de ebooks gestão
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.