Gestão orçamentária: dicas para realizá-la de forma eficiente

Gestão orçamentária: confira dicas para realizá-la de forma eficiente!

Organizações que deixam a gestão orçamentária de lado podem ter dificuldades com inúmeros processos: compras, vendas etc. A médio e longo prazo, o desempenho e o resultado podem ser afetados de maneira drástica.

Imagine, por exemplo, uma aquisição de matéria-prima que é feita sem considerar o atual estado do fluxo de caixa. Sem o planejamento ideal, ela tende a comprometer o lucro obtido.

Pensando na grande relevância que esse tema tem, preparamos este post. Ao longo do texto, você encontrará diversas dicas para controlar o orçamento de sua empresa com bastante eficiência.

Aposte na automatização da gestão orçamentária

Ter um bom ERP à disposição pode fazer toda a diferença na hora de elaborar a gestão orçamentária. Isso porque um software de gestão completo contribui para a automatização de vários processos inerentes à estruturação de um orçamento empresarial.

Além de aumentar a produtividade dos colaboradores responsáveis — que podem mover o foco para demandas analíticas, em vez de se preocuparem somente com pontos operacionais —, esse tipo de solução também auxilia a reduzir custos. Afinal, o número de falhas diminui com o auxílio de um recurso desenvolvido para essa finalidade.

Evite o excesso de burocracia

Por que lidar com uma série de procedimentos e documentações se é possível reunir todos os itens indispensáveis para o controle orçamentário em uma só ferramenta?

Tenha em mente que, se há menos burocracia, maiores são as chances de otimizar a atividade em questão e ganhar tempo.

Tenha atenção ao fluxo de caixa

Gestão orçamentária: confira dicas de como realizá-la de forma eficiente!

Organizar o fluxo de caixa é um grande desafio para muitos gestores financeiros. Nesse sentido, o primeiro e mais importante passo a ser dado consiste em identificar todas as receitas e despesas, determinando um período específico para acompanhá-las — mensal, trimestral, anual etc.

Além disso, as contas (a pagar e a receber) também devem ser registradas, de modo que sejam facilmente compreendidas pelos colaboradores que cuidam do setor.

Outra boa recomendação para manter o fluxo de caixa em dia é agrupar saídas e entradas em categorias maiores. Assim, por meio da setorização, há como verificar quais serviços e produtos impactam mais os lucros.

Acompanhe os resultados de perto

Acompanhar as métricas-chave e outros índices de desempenho é determinante para saber se as estratégias adotadas estão trazendo os resultados esperados ou não.

Mais do que ter disciplina para checá-las, é fundamental avaliar as práticas exercidas com cuidado. Afinal, uma ação pode fazer sentido no planejamento, mas repercutir de outra forma na prática. Portanto, se necessário, promova modificações no meio do caminho.

Invista na comunicação e nas lideranças

A gestão do orçamento pode ser feita com todo esmero. Porém, isso de pouco adianta se não houver uma abertura na comunicação entre os setores, tendo em vista que essa medida facilita a realização de ajustes.

O comprometimento das lideranças também se imprescindível para o cumprimento das propostas elaboradas na análise inicial e na aprovação das contas — elas precisam se envolver com todas as etapas, direta ou indiretamente.

A gestão orçamentária é uma ferramenta que pode fazer muito por sua empresa. Aproveite nossas dicas para realizá-la de modo inteligente.


Uma boa gestão empresarial só pode ser alcançada se todas as áreas da empresa estiverem alinhadas e bem administradas. Nesse kit separamos alguns ebooks que irão te auxiliar na conquista de uma gestão empresarial mais eficiente. Baixe gratuitamente:

cta kit de ebooks 01 1024x410

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.