10 matérias mais acessadas em 2016 sobre Business Intelligence (BI)

Para uma empresa, o objetivo final de qualquer ação é, sem dúvidas, a lucratividade. Sem lucro, um negócio é sempre considerado inviável. E, para aumentar os lucros, existem basicamente dois caminhos possíveis: alavancar as vendas ou reduzir os custos.

Em momentos de crise e recessão econômica, as empresas buscam quaisquer ferramentas ou técnicas que permitam fazer uma ou outra — ou, ainda melhor, ambas. O Business Intelligence é uma destas ferramentas, e, quando bem aplicado, permite alavancar as vendas e, consequentemente, aumentar a lucratividade da empresa.

Continue lendo o post de hoje para descobrir quais artigos sobre BI foram mais acessados neste ano de 2016:

1. Guia Definitivo de BI: Como o Business Intelligence pode Alavancar suas Vendas
Quando bem aplicado o BI permite alavancar as vendas e, consequentemente, aumentar a lucratividade da empresa. Você sabe como implementar o Business Intelligence em seu negócio? Leia mais.

2. Segundo Gartner, a receita de Business Intelligence e Analytics crescerá 5,2%
Segundo uma pesquisa, os mercados mundiais de Business Intelligence e Analytics (BI&A) deverão alcançar uma receita de US$ 16,9 bilhões em 2016, o que reflete em um visível crescimento de 5,2% em comparação aos dados de 2015: leia mais.

3. Business Intelligence (BI): a importância do foco no core business
É importante destacar e se aprofundar nos avanços tecnológicos, de modo a aproveitar ao máximo as potencialidades do setor de TI. Confira este artigo e entenda a importância do foco no core business do seu negócio: leia mais.

4. Quatro boas práticas mensais de BI para gestores
As ferramentas de BI disponíveis no mercado acessam as diversas fontes de dados de uma empresa (bancos de dados, planilhas, textos, sistemas etc.) para fazer a coleta, o tratamento e a transformação dos dados em informações inteligentes e unificadas. Esses resultados podem ser agregados às boas práticas mensais dos gestores empresariais, como veremos a seguir: leia mais.

5. ROI: como utilizar o Business Intelligence para calculá-lo?
Quer saber como usar as informações a seu favor e alavancar melhores resultados na sua empresa? Vamos explicar o que é ROI, uma das métricas mais importantes na hora de implementar um sistema de BI, e como você pode calculá-lo por conta própria: leia mais.

6. Especial BI: saiba como implantar processos de Business Intelligence
Se os processos de BI não forem bem estruturados e implantados, todos os seus esforços podem se esvair como água em um encanamento furado e a empresa não terá como ter decisões mais assertivas, mesmo fazendo uso de um software de BI. Para que isso não ocorra, fique atento às dicas que selecionamos para você e sua empresa: leia mais.

7. Cloud BI: conheça as possibilidades do Business Intelligence em nuvem
Ao trazer o cloud computing para o Business Intelligence (CloudBI), ampliou-se a gama de possibilidades estratégicas dos negócios. Como resultado desta nova implementação surgiram ganhos consideráveis em portabilidade, eficiência e no timing do processamento e da coleta de dados no dia a dia dos negócios: leia mais.

8. Por que as empresas estão adotando o Business Intelligence self-service?
Um estudo que contou com a participação de 449 executivos de TI e negócios e confirmou que as organizações estão cada vez mais adotando ambientes self-service, nos quais os usuários podem assumir o controle de suas análises. Continue lendo o post de hoje para entender mais sobre a pesquisa: leia mais.

9. Como ter decisões mais assertivas com um software de BI
Uma nova forma de trabalhar com registros digitais permite a visualização de conteúdos de múltiplas fontes com mais qualidade e por meio de filtros mais efetivos. Quer saber mais? Então, leia o nosso texto de hoje: leia mais.

10. Qual a importância de uma boa análise de dados para o crescimento da sua empresa?
Não importa qual o tipo da empresa ou seu tamanho: o acesso a essa análise pode aumentar sensivelmente a qualidade do serviço ou produto oferecido. Através das métricas, pode-se perceber facilmente quais são os setores que carecem de melhoras e aqueles que vão bem e precisam apenas de manutenção: leia mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.