Pacote Fiscal MXM-WebManager: confira as obrigatoriedades atendidas pelo sistema de gestão empresarial da MXM Sistemas

A plataforma de gestão on-line MXM-WebManager possui um pacote fiscal capaz de gerar todas as obrigatoriedades exigidas pelas esferas federal, estadual e municipal das principais capitais brasileiras.

O MXM-WebManager destaca-se por ser muito mais que um sistema de gestão ERP, apresentando-se como uma solução integrada de gestão, um portal de aplicativos. “A estratégia é oferecer aos clientes um produto inovador, uma plataforma de trabalho. A moderna solução da MXM possibilita a execução e gerenciamento de processos, documentos e ainda integra a comunicação empresarial de forma eficiente”, avaliou Mauricio Felgueiras, CEO e Fundador da MXM Sistemas.

Assista também: Presidente da MXM apresenta a solução MXM-WebManager, o primeiro GSP do mercado

Graças às parcerias firmadas com grandes escritórios contábeis do país – como Domingues e Pinho Contadores e RSM Brazil –, o MXM-WebManager é constantemente atualizado de acordo com as exigências legais do país. O Pacote Fiscal do MXM-WebManager contempla uma série de obrigações contábeis e fiscais, além de emitir impostos e documentos fiscais de diversas capitais brasileiras. Continue lendo o post de hoje para descobrir todas as obrigatoriedades atendidas pela plataforma de gestão da MXM Sistemas:

Obrigações Contábeis atendidas pelo MXM-WebManager:

O Pacote Fiscal do MXM-WebManager está preparado para gerar as seguintes obrigações contábeis:

Este recebimento pode se dar de duas formas: automaticamente (através da integração por APIs) ou manualmente (através da importação de arquivo XLS com layout pré-definido).

Conheça outras características do MXM-WebManager: MXM-WebManager sai na frente ao integrar mobilidade, performance e custo reduzido em plataforma 100% on-line

Obrigações Fiscais atendidas pelo MXM-WebManager:

O Pacote Fiscal do MXM-WebManager também está preparado para emitir as seguintes obrigações fiscais:

  • EFD Contribuições Sociais (PIS / COFINS); e
  • EFD ICMS / IPI.

Estas obrigações são montadas a partir da movimentação de Notas Fiscais (emitidas e recebidas), Cupons Fiscais e Notas de Conhecimento de Transporte, bem como o controle de inventário e movimentação da produção (Bloco K para empresas do segmento que obedecem esta obrigatoriedade).

Este recebimento pode se dar das seguintes maneiras: automaticamente (através da integração por APIs) ou manualmente (através de arquivo TXT ou XLS com layout pré-definido e pela importação de arquivos fiscais TDM e/ou XML).

Para a importação destes arquivos fiscais eletrônicos, o MXM-WebManager possui também uma ferramenta para gerar escrituração fiscal. Esta importação cria automaticamente o cadastro de clientes e fornecedores, a lista de produtos e serviços, e também faz a contabilização dos tributos dos documentos importados. No caso dos documentos para os quais não há arquivo eletrônico (ex: notas de concessionárias), deverão ser digitados diretamente no EFD.

Outras obrigações atendidas pelo MXM-WebManager:

  • PER/DCOMP PIS COFINS;
  • PER/DCOMP;
  • Convênio ICMS 115/03;
  • Livro Fiscal Eletrônico DF (ato COTEPE N. 35/2005);
  • GIA Paraná;
  • Convênio ICMS 57/95;
  • GIA – ST;
  • GIA – RJ;
  • GIA – SP;
  • Declan IPM;
  • GISS Offline;
  • GISS Online;
  • GISS Online Paranaguá;
  • GISS Online Rio Grande;
  • DSNET Recife;
  • DFMS – Belém;
  • DIM São Luiz;
  • DDS Fortaleza;
  • DES Belo Horizonte;
  • DIME – SC; e
  • SISCOSERV.

Documentos Fiscais emitidos pelo MXM-WebManager:

O MXM-WebManager também possui uma ferramenta para emissão de Notas Fiscais de:

  • Produtos;
  • Serviços; e
  • Conhecimento de Transporte.

Para a emissão das Notas de produtos, o módulo de Faturamento possui link direto com o SEFAZ para validação e emissão da Nota Fiscal. Contudo, para a emissão das Notas de Serviços, listamos abaixo os layouts já contemplados no sistema, podendo ser desenvolvidos novos layouts conforme demanda:

ACRE

  • Rio Branco.

ALAGOAS

  • Maceió.

AMAZONAS

  • Manaus.

AMAPÁ

  • Amapá.

BAHIA

  • Salvador.
  • Candeias.
  • Santo Antônio de Jesus.

CEARÁ

  • Fortaleza.

ESPÍRITO SANTO

  • Vitória.
  • Colatina.
  • Linhares.
  • Venda Nova do Imigrante.
  • Vila Velha.

MARANHÃO

  • São Luis.
  • Santa Ines.
  • Imperatriz.

MINAS GERAIS

  • Ipatinga
  • Belo Horizonte.
  • Uberlândia.
  • Coromandel.
  • Ituiutaba.

MATO GROSSO DO SUL

  • Campo Grande.
  • Corumbá.
  • Dourados.
  • Navirai.

PARÁ

  • Belém.
  • Marabá.

PARAÍBA

  • Paulista.
  • Cazajeiras.

PERNAMBUCO

  • Recife.
  • Cabo de Santo Agostinho.
  • Arcoverde.
  • Paulista.
  • Vitória de Santo Antão.
  • Salgueiro.

PIAUÍ

  • Teresina.

PARANÁ

  • Pinhais.
  • Curitiba.
  • São José dos Pinhais.
  • Paranaguá.
  • Campo Mourão.
  • Castro Irati.
  • Colombo.
  • Ivaipora.
  • Londrina.

RIO DE JANEIRO

  • Macaé.
  • Rio de Janeiro.
  • Paraíba do Sul.
  • Duque de Caxias.
  • Niterói.
  • Rezende.
  • Volta Redonda.
  • Rio das Ostras.
  • São Gonçalo.
  • Rio Bonito.
  • São João de Meriti.
  • Nova Iguaçu.
  • Silva Jardim.
  • Comendador Levy Gasparian.
  • Magé.
  • Três Rios.

RIO GRANDE DO NORTE

  • Natal.
  • Macaíba.
  • Mossoró.
  • Caico.
  • Parnamirim.

RORAIMA

  • Boa Vista.

RIO GRANDE DO SUL

  • Guaíba.
  • São Leopoldo.
  • Canoas.
  • Alvorada.
  • Cachoeirinha.
  • Rio Grande.
  • Gravataí.
  • Esteio.
  • Santa Rosa.
  • Sobradinho.
  • Farroupilha.
  • Caxias do Sul.
  • Porto Alegre.
  • Capão da Canoa.
  • Viamão.

SANTA CATARINA

  • São Francisco do Sul.
  • Itajaí.
  • Brusque.
  • Concórdia.
  • Palhoça.
  • Tubarão.
  • Joinville.
  • Florianópolis.

SERGIPE

  • Aracajú.
  • Tobias Barreto.

TOCANTIS

  • Palmas.

SÃO PAULO

  • São Paulo.
  • Santo André.
  • Santana de Parnaíba.
  • Sorocaba.
  • São Bernardo do Campo.
  • Jundiaí.
  • Cubatão.
  • Osasco.
  • Barueri.
  • Mogi das Cruzes.
  • Campinas.
  • Diadema.
  • Santos.
  • Guarujá.
  • São Sebastião.
  • São Caetano do Sul.
  • Baurú.
  • Botucatú.
  • Itapira.
  • Marília.
  • Mogi Guaçi.
  • Votuporanga.
  • Jaboticabal.
  • Bebedouro.
  • Taubaté.

Recolhimento e emissão de guias de impostos no MXM-WebManager:

O sistema também pode calcular a retenção, gerar o recolhimento e emitir as guias de pagamento (DARF e GPS) dos seguintes impostos:

  • Imposto de Renda Pessoa Física;
  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • ISS;
  • INSS Individual; e
  • INSS Empresa.

Este recebimento pode se dar automaticamente, através de integração por APIs, ou manualmente, através da importação através de arquivo .TXT ou .XLS com layout pré-definido.

Novos desenvolvimentos fiscais previstos no MXM-WebManager:

Atualmente encontra-se em desenvolvimento na MXM o gerador do EFD-REINF (Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída), uma obrigação complementar ao eSocial, com previsão para liberação em setembro/2017.

“A MXM Sistemas está trabalhando intensivamente no desenvolvimento de um módulo para envio das informações pertinentes ao Reinf para Receita Federal do Brasil. Fomos recentemente convidados pela própria RFB para participar como empresa piloto no projeto EFD-Reinf, opinando pela melhoria do leiaute, identificando erros estruturais e lógicos, e ajudamos a RFB na homologação do ambiente de recepção dos arquivos”- afirma Alan Batista, Gerente de Desenvolvimento de Software da MXM Sistemas.


Leia também: MXM Sistemas é convidada para participar de projetos piloto do SPED no primeiro Fórum de Simplificação e Integração Tributária, em Brasília.

E não deixe de fazer o download do whitepaper sobre o módulo MXM-Reinf da plataforma de gestão MXM-WebManager e saiba como evitar riscos desnecessários em sua empresa:

Mídia Social:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *