O que é Big Data? Como essa tecnologia pode ajudar minha empresa?

o-que-big-data-mxmToda empresa que busca manter os seus processos e estratégias eficientes investe em ferramentas que permitem utilizar dados diversos como uma solução estratégica. As rotinas de análise de dados fazem parte do dia a dia de vários empreendimentos, com analistas avaliando a forma como o mercado se comporta e, por meio da criação de perfis de consumo, desenvolvendo produtos mais eficazes e serviços com maior qualidade.

Diante do aumento da quantidade de informações disponíveis nos últimos anos, graças a popularização da internet, smartphones, wearables e a Internet das Coisas, novas tecnologias surgiram para tornar a análise de dados mais eficaz. Entre elas, o Big Data se destaca entre umas das formas mais populares para análise de grandes quantidades de dados brutos.

Quer saber mais sobre o que é Big Data? Então, leia o nosso texto de hoje e veja como essas ferramentas funcionam!

O que é big data?

A análise de dados faz parte do dia a dia de várias empresas. Analistas de mercado investem em métodos que permitem a coleta (muitas vezes em tempo real) de registros de uso de aplicativos, redes sociais, serviços e outros recursos em meios offline e online para entender melhor como consumidores se comportam diante das mudanças do mercado.

Nesse cenário, o Big Data permite que esse processado ganhe um novo grau de eficiência. Integrado ao cloud computing, esse tipo de ferramenta torna mais simples a extração, processamento e análise de grandes conjuntos de dados. Esse processo fará uso de rotinas diversas que vão além de algoritmos de coleta e processamento de informações, mas também os de estatística, probabilidade e, em alguns casos, aprendizado de máquina.

Como essa tecnologia pode auxiliar a minha empresa?

Em uma época em que mercados mudam com grande velocidade, conseguir analisar movimentos e identificar tendências tornou-se algo vital para a sobrevivência de várias empresas. Com as soluções de Big Data, uma empresa ganha mais competitividade e capacidade de atender ao seu público-alvo. Além disso, vantagens em relação a concorrência surgem com a melhoria de processos internos e otimização de serviços.

Como os analistas terão dados mais precisos a sua disposição, obter insights passará a ser uma atividade simples. Perfis sobre a forma como os consumidores lidam com os produtos da empresa serão criados e, por meio deles, analistas avaliarão a eficácia de políticas internas. E com a otimização contínua de rotinas, é possível inovar mais com custos reduzidos, gerando receitas maiores em médio e longo prazo.

Redefinindo produtos e processos

Vivemos em uma época onde há uma enorme quantidade de dados sendo criadas e disponibilizadas para empresas, mas ao mesmo tempo, uma grande fragmentação de fontes e métodos de análise. Analistas precisam lidar com registros brutos de vários tipos e, a partir deles, criar novas abordagens comerciais, produtos mais atraentes e políticas internas mais eficazes.

Nesse cenário, o Big Data possui um papel de destaque. As ferramentas de análise de dados que utilizam essa tecnologia são dinâmicas e flexíveis. Elas se integram à nuvem para ampliar a sua capacidade de processamento e, com isso, potencializar o número de informações que é processada a cada segundo. Consequentemente, empresas poderão inovar e responder às demandas do mercado com mais capacidade.

Aprendeu o que é Big Data? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto?
Compartilhe-a com a gente!

Mídia Social:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *