Gestão de outsourcing: vantagens da terceirização para a empresa

Você já ouviu falar em gestão de outsourcing? Desde a entrada em vigor da chamada PEC da Terceirização, o assunto tem sido presença constante nos meios de comunicação. E, claro, também não se fala em outra coisa no mundo corporativo.

Diante da importância do assunto, vamos falar sobre as vantagens da terceirização para a empresa. Confira na sequência!

O que é gestão de outsourcing?

A expressão outsourcing é comumente traduzida para o português como terceirização. Trata-se de um processo em que a companhia contrata outra empresa para desenvolver um setor específico do seu negócio.

É o que acontece, por exemplo, quando um escritório de contabilidade é contratado para cuidar das obrigações fiscais da organização ou quando um fornecedor de tecnologia é escolhido para implementar um sistema integrado de gestão empresarial.

Veja, a seguir, as vantagens desse processo. 

Trabalho de um especialista no assunto

Dificilmente uma empresa é capaz de manter dentro da sua folha de pagamento um especialista para cada uma de suas demandas. Isso é especialmente verdade se estivermos falando de um pequeno negócio.

Uma empresa que fabrique calçados pode ir à falência tentando desenvolver por conta própria seu software de gestão, já que terá de manter muitos profissionais da área de TI em sua folha de pagamentos. O mesmo pode acontecer com os mais diversos tipos de necessidades, como design ou marketing digital.

Foco no core business

Outra grande vantagem da terceirização é a possibilidade de focar a atenção dos gestores e colaboradores no core business da empresa. Uma das grandes desvantagens em não poder contar com especialistas é que esse serviço acaba caindo no colo dos gestores ou sócios da empresa.

Tirar a atenção da atividade-fim do negócio é um erro grave, porém muito comum. Se pensarmos em um restaurante, por exemplo, é evidente que o negócio precisa de uma estrutura financeira, contábil e tecnológica por trás, mas nada disso precisa ser revolucionário ou inovador.

A atividade principal da empresa é que deve contar com essas características. Na situação mencionada acima: o sabor dos seus pratos, o atendimento dos garçons, a cortesia e a generosidade com que os convidados são tratados no salão, entre outras coisas.

Corte nos gastos

À primeira vista, o outsourcing pode até parecer mais uma despesa para a empresa. No entanto, o fato é que há uma economia nos custos, já que não é necessário arcar com todo o passivo trabalhista associado à contratação de recursos humanos para desenvolver projetos específicos.

Agilidade na conclusão de projetos

Como a empresa contratada tem expertise, a tendência, obviamente, é que ela agilize os projetos da organização contratante. Entre outras coisas, isso é importante para que o empreendedor possa obter retorno sobre o investimento de forma rápida. Além disso, dessa maneira é possível aumentar a qualidade do produto ou serviço que é entregue ao cliente.

Concluindo, podemos dizer que a gestão de outsourcing é uma ferramenta eficiente e barata para atender às necessidades vitais da empresa enquanto os gestores podem focar a sua atenção no que importa de verdade: a gestão do negócio.

E então, gostou deste artigo? Assine nossa newsletter e tenha acesso a todas as novidades diretamente na caixa de entrada do seu e-mail!

Mídia Social:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *