Entenda a importância da gestão integrada para o sucesso da sua empresa

Não há dúvidas de que elaborar um planejamento estratégico é um passo fundamental para o desenvolvimento de uma boa gestão, garantindo decisões e esforços mais acertados.

Todavia, isso, por si só, não é suficiente para assegurar o sucesso da empresa como um todo. É importante que se acompanhe todas as atividades desenvolvidas nas rotinas operacionais do negócio, garantindo que elas sejam devidamente executadas conforme o plano.

Mas ainda que isso possa parecer um desafio, a boa notícia é que a tecnologia facilita muito esse acompanhamento, viabilizando que se exerça uma gestão integrada de toda a empresa.

Acompanhe os tópicos seguintes e saiba como esse modelo de gestão pode ser decisivo para o sucesso da sua organização!

O que é gestão integrada?

Em síntese, a gestão integrada é exercida quando, por meio de um software, se promove a organização de todas as operações de um negócio, promovendo a comunicação, garantindo que as diretrizes sejam seguidas e que as metas sejam alcançadas.

E essa unificação de informações compreende todos os setores, tais como o departamento administrativo, compras, vendas, recursos humanos, licitações, estoque, controle de qualidade, entre outros. Daí o nome gestão integrada.

É importante deixar claro que um Sistema de Gestão Integrada é semelhante a um ERP (Enterprise Resource Planning) ou, em português, Planejamento de Recursos Empresariais. Contudo, um Sistema de Gestão Integrada completo e um software ERP transcendem a função de servir como simples recursos de automação informacional.

A implementação de um Sistema de Gestão Integrada parte da premissa de avaliar as principais demandas que o seu negócio possui. E, posteriormente, aplicar uma metodologia específica para viabilizar as mudanças necessárias — quais desperdícios devem ser eliminados, os gargalos que devem ser superados, as métricas e indicadores que precisam ser monitorados, entre outras modificações.

E para que não restem dúvidas sobre a importância da gestão integrada, acompanhe abaixo alguns dos benefícios de se implantar essa sistemática:

Unificação de informações

Para entender melhor essa unificação e consolidação de informações, não é preciso ir muito longe, basta que se conceba, por exemplo, um supermercado.

Todos os dias, é preciso ter o controle daquilo que foi vendido, atualizar o banco de dados de clientes, gerenciar o estoque para que não faltem produtos nas prateleiras, e assim por diante.

E, quando não se conta com a gestão integrada, no momento de se fazer o balanço das operações, é natural que os gestores preparem pilhas de papéis com os dados de seus respectivos departamentos para viabilizar a apresentação de resultados à direção.

Como se pode perceber, esse é um verdadeiro desafio. Afinal, é preciso saber como reunir os dados para que estes se convertam em informação valiosa, agregando, assim, valor ao negócio.

Contudo, tendo em vista o volume de informações, bem como o tempo cada vez mais restrito para a tomada de decisão, é comum que muitos documentos não sejam levados em consideração, passando despercebidos nas folhas de papel.

Mas, felizmente, a tecnologia torna muito simples esse processo ao oferecer recursos que auxiliam na centralização das informações corporativas em um único local, tudo isso graças aos sistemas de gestão integrada.

Isto é, a gestão permite que as informações dos diferentes departamentos da empresa sejam armazenadas em um mesmo espaço, otimizando o compartilhamento de dados entre as equipes e oferecendo uma visão mais ampla e completa aos gestores.

Maior produtividade

Não se pode negar que a gestão integrada impacta diretamente na produtividade dos profissionais e na tomada de decisões dos administradores. Afinal, ao acompanharem o andamento das operações como um todo, os times são capazes de concentrar seus esforços de forma mais organizada, priorizando o que, de fato, é necessário realizar.

E, como não poderia deixar de ser, os gestores, em paralelo, têm a possibilidade de elaborar um planejamento de operações mais assertivo, graças a visão macro do negócio e a precisão no acompanhamento das metas.

Melhor compartilhamento de informações

Considerando que todas as áreas da empresa estão inseridas e atualizando dados sobre suas rotinas dentro do sistema, qualquer profissional autorizado passa a ter um melhor conhecimento sobre o que é feito internamente.

Desse modo, por exemplo, um profissional do RH tem uma melhor noção sobre a situação do setor contábil, ao mesmo tempo em que um colaborador da área comercial tem facilidade em conhecer como está o estoque de determinado item.

Isto é, com todas as informações necessárias sobre aquilo que se passa dentro da empresa, os profissionais podem atuar trabalhar com maior confiança e alcançar as metas com maior facilidade.

Parametrização de processos e procedimentos

Para que a gestão integrada possa ser, de fato, implementada, todos devem estar nivelados no que diz respeito ao conhecimento sobre os processos e procedimentos da organização. Ou seja, cada profissional deve ter clareza sobre seu escopo de atuação na empresa.

Atualizar o status de alguma atividade, promover avaliações regulares do setor, monitorar e analisar índices importantes ao trabalho, enfim, esses esforços fazem com que os profissionais sigam estritamente os protocolos exigidos pela empresa e a estrutura do Sistema de Gestão Integrada, promovendo uma melhor organização.

Minimização do estoque

Tendo como base que um sistema de gestão integrada, na sua essência, privilegia informações, todos as áreas ficam envolvidos na construção de um banco de dados que auxilia os gestores a controlar as compras, vendas e as oscilações de estoque.

Por exemplo, um profissional do departamento administrativo pode se antecipar sobre quando será preciso realizar um novo investimento no estoque, ou como intervir no preço para chamar a atenção dos clientes sem que haja comprometimento financeiro.

Ou seja, em meio a um momento turbulento, ele pode melhor decidir sobre estratégias que minimizem o estoque, assegurando despesas menores e protegendo o capital da empresa.

Otimização da tomada de decisão

Se existem mais informações disponíveis, se os processos e procedimentos são padronizados por toda a organização e se os setores atuam em prol um do outro, há, desse modo, um melhor processo de decisório dentro da empresa.

Afinal, há a implantação de uma gestão, de fato, integrada. Uma administração que não apenas acompanha, mas também apresenta informações fundamentais para uma tomada de decisão mais rápida e assertiva, potencializando os resultados do negócio.

Tudo isso se traduz em um maior controle da qualidade do trabalho, mais tempo disponível para os colaboradores desempenharem outras atividades e uma maior agilidade para que a empresa cresça e se desenvolva em um mercado tão competitivo.

Agora que já sabe porque a gestão integrada é tão importante na potencialização das chances de sucesso da empresa, que tal baixar este material? Com ele você aprenderá sobre o ERP e seus benefícios na gestão integrada!

Mídia Social:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *