Cyber Crime: SAMAS, um dos vírus mais temidos pelo FBI, está no Brasil!

samas-fbi-01No início de abril o escritório de crimes virtuais do serviço de Inteligência dos Estados Unidos (FBI) emitiu um alerta sobre o SAMAS, um vírus capaz de criptografar e “sequestrar” arquivos de dispositivos ao redor do mundo.

O SAMAS é um perigoso ransomware que bloqueia o acesso de computadores e smartphones, cobrando uma quantia em dinheiro para liberá-los. Esta ação é feita criptografando todos os seus dados e praticamente não há como burlar este “resgate”.

O ataque não é notado até que o usuário tente acessar suas informações (que podem ser documentos, vídeos, imagens, áudios etc), que é quando o malware informa que os dados foram codificados e só serão liberados mediante pagamento via moedas virtuais (bitcoins).

A alta capacidade de viralização deste ransonware é preocupante, já que ele se espalha rapidamente por redes conectadas ao dispositivo infectado. Um relatório da Kaspersky Lab, especialista em antivírus, afirmou que o Brasil ocupa o primeiro lugar entre os países latino-americanos mais atacados pelo SAMAS!

Previna-se! Confira algumas dicas para não ser infectado:

1. Faça backups regulares de seus arquivos

Tente criar uma rotina para fazer cópias de segurança de seus dados pelo menos uma vez por mês.

2. Mantenha mais de uma opção de backup

O ideal é que você possua, ao menos, dois backups: um em nuvem e outro em um dispositivo físico como HD externo e pendrive. Manter mais de uma opção garante que você não terá problemas para recuperar os dados, caso uma das alternativas seja comprometida pelo vírus.

3. Tenha cuidado com os links em que clica

Os hackers geralmente mascaram seus vírus em emails falsos – como promoções de lojas virtuais e comunicados de bancos. Tome cuidado com links e mensagens de amigos e familiares que não fazem sentido, pois eles podem ter sido alvos de ataques virtuais.

4. Atenção às extensões dos arquivos

Programas infectados  costumam ter extensões específicas. Fique de olho em documentos com o final .EXE, .VBS e .SCR, que são os mais utilizados pelos cibercriminosos. Para facilitar, habilite a opção de “mostrar a extensão de arquivos” em seu sistema operacional.

5. Mantenha seus softwares atualizados.

Mantenha seu sistema operacional, navegadores e outros programas atualizados. As ameaças tendem a explorar vulnerabilidades dos sistemas, e as atualizações têm como um dos objetivos corrigir as brechas e falhas existentes, aumentando a segurança.

6. Mantenha sua empresa segura

A MXM Sistemas é uma empresa nacional que oferece ao mercado soluções em TI e Gestão para empresas de diversos portes e segmentos.

Constantemente atualizada quanto as ameaças virtuais, a equipe de TI da MXM Sistemas está capacitada a oferecer os mais conceituados softwares antivírus do mundo, como o Bitdefender, McAffe,Symantec e Kaspersky, além da solução de firewall Fortigate. Além disso nosso time de experts em segurança e backup oferece soluções em armazenamento em nuvem.

Ficou interessado? Converse com um especialista em proteção e faça seu orçamento gratuito ligando para (21) 3233-2300 ou enviando um e-mail para [ ticomercial@mxm.com.br ]

Fonte: e-commerce news

Mídia Social:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *