Big Data

Como usar o Big Data na tomada de decisões?

A revolução digital mostrou que a informação pode valer mais que ouro, e todas as grandes empresas já sabem que seu futuro posicionamento no mercado e o sucesso do negócio passam pelo Big Data. No artigo de hoje veremos como alinhar ferramentas tecnológicas como o Big Data na tomada de decisões acertadas dentro da empresa.

Em apenas 4 passos faremos um bom resumo sobre como a tecnologia, aliada à experiência e à intuição do gestor, pode contribuir para o planejamento estratégico da organização. Confira na sequência!

Definir um problema a ser resolvido

Em muitos casos é mais importante saber fazer uma boa pergunta do que obter uma resposta, não é mesmo? No Big Data e no processo decisório não é diferente! É muito difícil chegar à resposta correta se as perguntas certas não forem feitas.

A tecnologia Big Data funciona como uma espécie de luneta. Ao combinar e processar uma massa enorme de dados públicos provenientes das mais diversas fontes com as informações a que a empresa tem acesso com exclusividade, é possível enxergar uma constelação de fatos invisíveis a olho nu.

Coletar dados

O segundo passo dentro do processo de tomada de decisões é a coleta de dados, importante para a fundamentação dos posicionamentos. Trata-se do momento ideal para preparar uma apresentação de slides com relatórios, demonstrações financeiras, gráficos e números relevantes para a diretoria e o negócio como um todo.

A tecnologia por trás do Big Data é capaz de coletar e processar uma quantidade de dados que nenhum ser humano seria capaz de reunir. Até mesmo os computadores pessoais mais modernos não têm capacidade de processamento para lidar com uma massa tão grande de bits.

Mesmo trabalhando com tantos dados, as soluções em Big Data conseguem entregar informações relevantes e compreensíveis, que são capazes de embasar as opiniões do administrador e até mesmo de mostrar o melhor caminho a ser seguido.

Identificar soluções

De tanto coletar dados a respeito de falhas, problemas ou dúvidas, eventualmente, acaba-se encontrando um caminho por entre os fragmentos, costurando uma série de possíveis soluções para cada um dos problemas que devem ser resolvidos.

A função primordial da tecnologia Big Data aqui é processar essa enorme quantidade de dados realizando uma análise e extraindo apenas aqueles que forem interessantes para a resolução do problema.

Aplicar as soluções

O último passo, portanto, consiste em escolher as melhores soluções para os problemas da empresa. Isso é feito, é claro, por meio da validação dos gestores ligados à organização, afinal, o elemento humano é e sempre será essencial para o processo de tomada de decisões.

Tendo utilizado o Big Data como uma ferramenta que o auxilia a enxergar mais longe, o gestor já pode se valer de toda a sua experiência e conhecimento acerca dos processos internos da empresa para tomar decisões de forma acertada.

Por fim, não poderíamos encerrar este artigo sem apresentar uma última dica, que muitos consideram como um quinto passo dentro do processo de tomada de decisões: a fase de replicação.

A utilização do Big Data na tomada de decisões corporativas permite que a organização forme um repertório de soluções, que são consideradas as melhores práticas dentro de determinado contexto. Essa sabedoria permite alcançar respostas automáticas e eficientes para diversos tipos de problemas futuros.


Gostou deste artigo? Então baixe nosso ebook gratuito e melhore seus conhecimentos em TI!

Mídia Social:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *